Diversões Subúrbios Cariocas: Identidades, Representações E Tensões (1900-1930)

Nei Jorge Santos Junior

Resumo


Nos últimos anos, a produção acadêmica sobre temas relacionados à cidade aumentou de modo significativo, buscando não somente apresentá-la, como também analisá-la sob múltiplas formas. Por essa razão, o estudo tem como objetivo compreender as relações sociais estabelecidas em espaços de lazer nos subúrbios da cidade do Rio de Janeiro, entre os anos de 1900 a 1929, buscando analisar as representações e mecanismos de repressão criados pelos periódicos e pela polícia carioca, que não somente desqualificavam, como também estereotipavam as práticas de diversão da região arrabaldina. Para alcançar o desejado, foram utilizadas fontes de duas naturezas: atas de clubes e periódicos publicados no Rio de Janeiro, entre os anos de 1900 a 1929, período em que os jornais e a polícia teceram diversas críticas às formas de diversão suburbana, buscando redefinir usos e costumes considerados inadequados aos padrões daquilo que se julgaria civilizado.

Palavras-chave: Subúrbios. Lazer. Representações. Imprensa.


Texto completo:

PDF

Referências


A IMPRENSA, Rio de Janeiro, 23 mai. 1909.

A NOITE, Rio de Janeiro, 18 ago. 1918.

A NOITE, Rio de Janeiro, 19 ago. 1918.

ARANHA, P. M. A Prostituição e o Contexto do Século XIX. Núcleo de Estudos Contemporâneos (UFF), 2005.

ACTA BANGU, Rio de Janeiro, 22 jun. 1917.

CAULFIELD S. Em defesa da honra: moralidade, modernidade e nação no Rio de Janeiro, 1918-1940. Campinas, Ed. da UNICAMP, 2000.

CHALHOUB, S. Trabalho, Lar e Botequim: o cotidiano dos trabalhadores no Rio de Janeiro da Belle Èpoque. 2 ed. Campinas-SP: Universidade de Campinas - UNICAMP, 2001.

CORREIO DA MANHÃ, Rio de Janeiro, 26 mai. 1901.

CORREIO DA MANHÃ, Rio de Janeiro, 17 jun. 1901.

CORREIO DA MANHÃ, Rio de Janeiro, 22 jan. 1912.

CORREIO DA MANHÃ, Rio de Janeiro, 25 abr. 1926.

COUTINHO, C.N. Cultura e sociedade no Brasil: ensaios sobre ideias e formas. Belo Horizonte: Oficina de Livros, 1990.

ESTATUTOS BANGU, Rio de Janeiro, 20 abr. 1915.

GAZETA DE NOTÍCIAS, Rio de Janeiro, 18 ago. 1918.

GAZETA SUBURBANA, Rio de Janeiro, 15 dez. 1883.

GAZETA SUBURBANA, Rio de Janeiro, 06 nov. 1919.

JORNAL DO BRASIL, Rio de Janeiro, 29 out. 1926.

JORNAL DO BRASIL, Rio de Janeiro, 02 nov. 1926.

MELO, V. A.; SANTOS JUNIOR, N. J. O esporte nos arrabaldes do Rio de Janeiro: o cricket em Bangu (1904-1912). Movimento, Porto Alegre, v. 24, n. 3, p. 843-858, jul./set. de 2018.

MOSCOVICI, S. Representações Sociais: investigações em psicologia social. 2.ed. Petrópolis/RJ: Vozes, 2004.

O PAIZ, Rio de Janeiro, 19 ago. 1918.

O PAIZ, Rio de Janeiro, 19 jan. 1920.

O PAIZ, Rio de Janeiro, 01 jul. 1926.

O PAIZ, Rio de Janeiro, 06 nov. 1926.

OLIVEIRA, M. P. de, FERNANDES, N.N. (orgs.). 150 anos de subúrbio carioca. Rio de Janeiro: Lamparina: Faperj: EdUFF, 2010.

PECHMAN, S.; FRITSCH, L. A reforma urbana e seu avesso: algumas considerações a propósito da modernização do Distrito Federal na virada do século. Revista Brasileira de História. São Paulo: Marco Zero, v. 5, n. 8/9, set.1984/abr.1985, p. 139-195.

PESAVENTO, S. J. O imaginário da cidade. Visões literárias do urbano. Porto Alegre: Editora da Universidade, 1999.

SANTOS, L. S. A cidade está chegando: expansão urbana na Zona Rural do Rio de Janeiro (1890-1940). Crítica Histórica, Maceió, ano II, n. 3, p. 114-137, jul. 2011.

SANTOS JUNIOR, N. J. A construção do sentimento local: o futebol nos arrabaldes de Andaraí e Bangu (1914-1923). 2012. 126f. Dissertação (Mestrado em História Comparada) – Instituto de História, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2012.

SANTOS JUNIOR, N. J. Olavo Bilac e as Diversões Suburbanas: A Projeção de uma Geografia Moral Carioca (1904-1906). Revista Licere, v. 20, p. 350-371, 2017.

SANTOS JUNIOR, N. J. Diversão à moda suburbana: repressão, tensão e violência (1900-1923). Revista Licere, v. 22, p. 167-187, 2019.

SANTOS JUNIOR; MELO, V. A. Violentos e desordeiros: representações de dois clubes do subúrbio na imprensa carioca (década de 10). Rev. bras. educ. fís. esporte [online]. v.27, n.3, p.411-422, 2013.

SEVCENKO, N. Literatura como missão: tensões sociais e criação cultural na Primeira República. 2.ed. São Paulo: Companhia das Letras, 2003.




DOI: http://dx.doi.org/10.22228/rt-f.v13i1.973

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


A Revista T&F está indexada nos seguintes serviços: Portal de Periódico da CAPES, EBSCO, BASE, Sumário de Revistas Brasileiras; Latindex, LivRe!, Google Acadêmico, Dialnet, DOAJ.

Periódico avaliado como B1 no WebQualis 2015 da CAPES na área de História; B2 nas áreas de Letras/Linguística, Ciências Sociais Aplicadas e Ciências Ambientais.

ISSN 1984-9036

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.