Dos Homens do Mato aos Homens e Mulheres da Cidade: Por Uma Escrita Dentro da Nova História Sobre a Trajetória da Polícia Militar em Mato Grosso

Almir Balieiro

Resumo


Este ensaio discute “notas introdutórias” por uma escrita sobre a trajetória da Polícia Militar em Mato Grosso, cingida em várias faces e fases do poder, e que permita evidenciar práticas, eventos, dinâmicas e conjunturas, desse caminho percorrido no tempo e no espaço. Essa premissa institui-se no ponto de partida para a análise e interpretação da trajetória da Polícia Militar em Mato Grosso, do século XVIII ao XXI, no campo das relações de poder construídas com outros agentes. Nessa trajetória, a Polícia Militar constrói relações, vínculos, formando uma rede com os demais protagonistas da história mato-grossense, influenciando-os e sendo influenciada, numa relação de interdependência percebida nas palavras de Bloch na qual “numa sociedade, qualquer que seja, tudo se liga e se comanda mutuamente: a estrutura política e social, a economia, as crenças, as manifestações mais elementares e mais sutis da mentalidade”.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.22228/rt-f.v2i2.53

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


A Revista T&F está indexada nos seguintes serviços: Portal de Periódico da CAPES, EBSCO, BASE, Sumário de Revistas Brasileiras; Latindex, LivRe!, Google Acadêmico, Dialnet, DOAJ.

Periódico avaliado como B1 no WebQualis 2015 da CAPES na área de História; B2 nas áreas de Letras/Linguística, Ciências Sociais Aplicadas e Ciências Ambientais.

ISSN 1984-9036

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.