D. Pedro II, o Imperador cinzento por Gilberto Freyre: uma análise narrativa

Mauro Henrique Miranda de Alcântara

Resumo


D. Pedro II foi objeto de uma conferência ministrada por Gilberto Freyre em 1925, comemorando o centenário do seu nascimento. 50 anos depois a conferência foi publicada como livro. O objetivo deste texto é analisar a narrativa desta obra, partindo do conceito de composição da intriga e identidade narrativa do Paul Ricoeur, e, também, buscando identificar a importância do acontecimento no resgate biográfico. Ao final conseguimos compreender como Freyre, a partir deste escrito, mais do que biografar o monarca, esclarece sua perspectiva sobre a história do Brasil.


Texto completo:

PDF

Referências


Referências

Fonte:

FREYRE, Gilberto. Dom Pedro II: Imperador Cinzento de uma Terra de Sol Tropical. Recife: Conselho Estadual de Cultura, 1975.

Bibliografia

ALCÂNTARA, Mauro Henrique Miranda. As Intrigas do Imperador: uma análise de narrativas biográficas sobre D. Pedro II. Tese (Doutorado em História) – Universidade Federal de Mato Grosso, 2019.

ARAÚJO, Ricardo Benzaquen de. Chuvas de verão. “Antagonismos em equilíbrio” em Casa-Grande & Senzala de Gilberto Freyre. In: BOTELHO, André. SCHWARCZ, Lilia Moritz. Um enigma chamado Brasil: 29 intérpretes e um país. São Paulo: Companhia das Letras, 2009

ARFUCH, Leonor. O espaço biográfico: dilemas da subjetividade contemporânea. Rio de Janeiro: EdUERJ, 2010.

BARTHÉLEMY, Dominique. A Cavalaria: da Germânia antiga à França do século XII. Campinas: Editora da Unicamp, 2010.

CATROGA, Fernando. Memória, história e historiografia. Rio de Janeiro: Editora FGV, 2015. p. 25-26.

CORDEIRO, Janaina Martins. O país do presente comemora seu sesquicentenário: ditadura, consenso e comemorações no Brasil (1972). In: QUADRAT, Samantha Viz.; ROLLEMBERG, Denise. História e memória das ditaduras do século XX. vol. 2. Rio de Janeiro: Editora FGV, 2015. [E-book].

DE NICOLA, Lucas Santiago Rodrigues. Flores, algumas com espinhos, para o rei: controvérsias acerca de d. Pedro II (1920-104). 2014. 249f. Dissertação (Mestrado – Instituto de Estudos Brasileiros). Universidade de São Paulo, São Paulo

DOSSE, François. O Desafio Biográfico: Escrever uma Vida. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 2009.

DOSSE, François. Renascimento do acontecimento: um desafio para o historiador: entre Esfinge e Fênix. São Paulo: Editora Unesp, 2013.

DUBY, Georges. O Cavaleiro, a Mulher e o Padre. Lisboa: Dom Quixote, 1988.

ENDERS, Arnelle. Os vultos da nação: fábrica de heróis e formação dos brasileiros. Rio de Janeiro: Editora FGV, 2014.

GUIMARÃES, Lucia Maria Paschoal. Os funerais de d. Pedro II e o imaginário republicano. In: SOIHET, Rachel; ALMEIDA, Maria Regina Celestino de; AZEVEDO, Cecilia; GONTIJO, Rebeca. (Org.). Mitos, projetos e práticas políticas. Memória e Historiografia. Rio de Janeiro: Editora Civilização Brasileira, 2009.

LEVI, Giovanni. “Usos da biografia”. In: FERREIRA, Marieta de Moraes; AMADO, Janaína. Usos & abusos da história oral. 8. ed. Rio de Janeiro: Editora FGV, 2006.

LEVILLAIN, Philippe. “Os protagonistas: da biografia”. In: RÉMOND, R. Por uma história política. 2. ed. Rio de Janeiro, RJ: Editora FGV, 2003.

LORIGA, Sabina. O pequeno X: da biografia à história. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2011.

NORA, P. Entre a memória e a história: a problemática dos lugares. Projeto História, São Paulo, dez. 1993

OLIVEIRA, Maria da Glória de. Escrever vidas, narrar a história: a biografia como problema historiográfico no Brasil oitocentistas. Rio de Janeiro: Editora FGV, 2011.

OLIVEIRA, Maria da Glória. Quem tem medo da Ilusão Biográfica? Indivíduo, tempo e histórias de vida. Topoi (Rio J.). Rio de Janeiro-RJ, v. 18, n. 35, maio/ago. 2017.

PALLARES-BURKE, Maria Lúcia Garcia. Gilberto Freyre: um vitoriano dos trópicos. [on line]. São Paulo: Editora UNESP, 2005. pos. 653.

REIS, José Carlos. As identidades do Brasil 2: de Calmon a Bomfim: a favor do Brasil: direita ou esquerda? Rio de Janeiro: Editora FGV, 2006.

RIBEIRO, Genes Duarte. Sacrifício, heroísmo e imortalidade: a arquitetura da construção da imagem do Presidente João Pessoa. [Dissertação de Mestrado]. João Pessoa: UFPB, 2009. 141f

RICOEUR, Paul. A memória, a história, o esquecimento. Campinas, SP: Editora da Unicamp, 2007.

RICOEUR, Paul. Entre tempo e narrativa: concordância/discordância. Kreterion. Belo Horizonte, n. 125, jun. 2012.

RICOEUR, Paul. Tempo e Narrativa. São Paulo: WMF Martins Fontes, 2010.

RICOEUR, Paul. Tempo e Narrativa. São Paulo: WMF Martins Fontes, 2010b, v. 2.

RICOEUR, Paul. Tempo e Narrativa. São Paulo: WMF Martins Fontes, 2010c, v. 3.

RICOEUR, Paul. Teoria da Interpretação: o discurso e o excesso de significação. Rio de Janeiro: Edições 70, 1987.

SCHWARCZ, Lilia Moritz. As barbas do imperador: D. Pedro II, um monarca nos trópicos. São Paulo: Companhia das Letras, 1998.

VELHO, Gilberto. Trajetória e singularidade. Sociologia, Problemas e Práticas. n.58. set. 2008




DOI: http://dx.doi.org/10.22228/rt-f.v13i1.1011

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


A Revista T&F está indexada nos seguintes serviços: Portal de Periódico da CAPES, EBSCO, BASE, Sumário de Revistas Brasileiras; Latindex, LivRe!, Google Acadêmico, Dialnet, DOAJ.

Periódico avaliado como B1 no WebQualis 2015 da CAPES na área de História; B2 nas áreas de Letras/Linguística, Ciências Sociais Aplicadas e Ciências Ambientais.

ISSN 1984-9036

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.