ATENÇÃO

A retificação é apenas nas datas da terceira fase e seguintes.

Segue a retificação no link abaixo:

https://www.ufmt.br/ufmt/site/editais/detalhes/1567/9/Cuiaba

A Coordenação do Programa de Pós-Graduação em História vem comunicar aos interessados em participar do Processo Seletivo de 2020 para os cursos de mestrado e doutorado que o mesmo terá algumas alterações em relação a prova e a bibliografia da Prova. No Processo Seletivo de 2020 a prova, tanto para os candidatos ao curso de Mestrado quanto para os candidatos do curso de Doutorado, será dividida em duas partes. Na primeira haverá um questão, de resposta obrigatória, de caráter geral que versará sobre as obras da bibliografia geral para as três linhas. Na segunda parte da prova haverá 3 (três) questões, uma para cada linha, e o candidato deverá responder obrigatoriamente a questão referente a linha que selecionou para fazer o processo seletivo.
As demais informações sobre o Processo Seletivo 2020 estarão disponíveis em breve por meio de edital.
Segue abaixo a bibliografia geral e por linha para o Processo Seletivo 2020 para os cursos de Mestrado e Doutorado.

Doutorado
Geral para as três linhas
CERTEAU, Michel. A escrita da história. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 1982.
HOBSBAWM, Eric. Sobre a história. São Paulo: Cia das Letras, 1998.
SAID, Edward W. Cultura e imperialismo. São Paulo: Companhia das Letras, 1995.

Linha de Pesquisa 01: Territórios, sociedades e dimensões da política.
DOSSE, François. O renascimento do acontecimento. São Paulo: EdUNESP, 2013.
ELIAS, Norbert. O processo civilizador: formação do estado e civilização. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1994. V.2.
FOUCAULT, Michel. Em defesa da sociedade. São Paulo: WWF Martins Fontes, 2010.

Linha de Pesquisa 02: Fronteiras, identidades e culturas.
BHABHA, Homi K. O local da cultura. Belo Horizonte: Editora da UFMG, 1998.
HALL, Stuart. Da diáspora. Identidades e mediações culturais. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2013.
HARTOG, François. Evidência da história: o que os historiadores veem. Belo Horizonte: Autêntica, 2013

Linha de Pesquisa 03: Ensino de História, Patrimônio e Subjetividades
BUTLER, Judith. Problemas de gênero: feminismo e subversão da identidade. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2003.
FOUCAULT, Michel. Arqueologia do saber. 8. ed. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2012.
RÜSEN, Jörn. Cultura faz sentido: orientações entre o ontem e o amanhã. Petrópolis: Vozes, 2014.

Mestrado
Geral para as três linhas
PROST, Antoine. Doze lições sobre a história. 2. ed. São Paulo: Autêntica, 2012.
HOBSBAWM, Eric. Sobre a história. São Paulo: Cia das Letras, 1998.

Linha de Pesquisa 01: Territórios, sociedades e dimensões da política.
BAUMAN, Z. Legisladores e intérpretes. Sobre a modernidade, pós-modernidade e intelectuais. Rio de Janeiro: Zahar, 2010.
ROSANVALLON, Pierre. Por uma história do político. São Paulo: Alameda, 2010.
ROUSSO, Henry. A última catástrofe. A História, o presente, o contemporâneo. Rio de Janeiro: FGV, 2016.

Linha de Pesquisa 02: Fronteiras, identidades e culturas.
EAGLETON, Terry. A ideia de cultura. São Paulo: Editora da UNESP, 2005.
GINZBURG, Carlo. Relações de força: história, retórica e prova. São Paulo: Cia das Letras, 2002.
THOMPSON, Edward Palmer. Costumes em comum. Estudos sobre a cultura popular tradicional. São Paulo: Companhia das Letras, 1998.

Linha de Pesquisa 03: Ensino de História, Patrimônio e Subjetividades.
GERMINARI, Geyso. Educação histórica: a constituição de um campo de pesquisa. Revista HISTEDBR On-line. Campinas, n.42, jun, 2011, p. 54-70.
LAVILLE, Christian. A guerra das narrativas: debates e ilusões em torno do ensino de História. Revista Brasileira de História, São Paulo, v. 19, n. 38, 1999, p.125-138.
MUNAKATA, Kazumi. O livro didático: alguns temas de pesquisa. Revista brasileira de História da Educação, Campinas-SP, v. 12, n. 3 (30), p. 179-197, set./dez. 2012
MUNIZ, Diva do Couto Gontijo. História, ensino de história e gênero: discutindo a relação. Revista Eletrônica Documento Monumento. Cuiabá, Vol. 18, N. 1, out/2016.
RÜSEN, Jörn. Como dar sentido ao passado: questões relevantes de meta-história. História da historiografia, n. 02, março, 2009, p. 163-209.
SCHMIDT, Maria Auxiliadora. História do ensino de História no Brasil: uma proposta de periodização. Revista História da Educação - RHE. Porto Alegre, v. 16, n. 37, maio/ago, 2012 p. 73-91.