Início Início Pesquisar Pesquisar Subir Subir
Detalhes do Download

A Santa Casa de Misericórdia de Cuiabá (1817-1930): assistencialismo, práticas médicas, memórias e razões de Estado. CUIABÁ- MT 2016   

Em Portugal, foi fundada, em 15 de agosto de 1498, a primeira Misericórdia, oriunda de um processo denominado de reformas de hospitais. Essa Misericórdia, em Lisboa, se deve em grande parte à figura da Rainha D. Leonor, que difundiu a ideia de misericórdia como de auxílio aos mais necessitados, em função de um objetivo maior que era da formação de uma espiritualidade. As primeiras Misericórdias brasileiras foram fundadas no período colonial. O serviço praticado pelas Misericórdias no Brasil, sob autorização régia, foi administrado pela elite dominante, com estratégias para garantirem seus privilégios, uma instituição de caráter laico, porém sob influência da igreja católica. A Misericórdia em terras mato-grossenses foi possível devido ao legado de Manoel Fernandes Guimarães, o Capitão-General João Augusto D‘Oyennhausen e Gravenburg, ficou responsável pela administração do valor doado. Concluída a construção do hospital dos Lázaros, em 1816, com ajuda das doações, iniciou a construção do hospital de Nossa Senhora da Conceição da Misericórdia em Cuiabá, inaugurado em 1817. O medo das epidemias como a da varíola que atingiu Cuiabá em 1867, fez com que a Província começasse a aplicar medidas profiláticas relacionadas à saúde e higiene pública. As políticas de proteção social foram surgindo à medida que a infraestrutura do Estado monárquico avançava. Doações eram feitas pela população de forma a minimizar as dificuldades e disseminar o espírito de solidariedade, na forma de valores deixados em testamentos, imóveis, joias, escravos, e objetos de valor doados, alguns em vida. No início do século XX Estado de Mato Grosso seguindo um plano político de saúde de nível nacional, implantou projetos que tornariam a saúde uma questão pública.

Palavras Chave: Santa Casa, memória, assistencialismo.

Dados

Tamanho 1.41 MB

Download