Início Início Pesquisar Pesquisar Subir Subir
Detalhes do Download

A INVENÇÃO DA CAPITAL ETERNA: DISCURSOS SENSÍVEIS SOBRE A MODERNIZAÇÃO DE CUIABÁ NO PERÍODO PÓS-DIVISÃO DO ESTADO DE MATO GROSSO (1977-1985)   

Em 1977, com a divisão do estado de Mato Grosso e o desmembramento da parte sul do seu território, Cuiabá se viu diante de um novo desafio. O objetivo, naquele momento, era livrar-se da “estagnação”, do “atraso” e do “isolamento” que parecia viver Mato Grosso e Cuiabá, sua capital.

Pareceu ser urgente, nesse contexto, a definição de uma “nova capital”, cidade-símbolo do “novo Mato Grosso”, na tentativa de romper de vez com o estilo “sertanejo”, “bucólico” e “intimista”. Sendo Cuiabá considerada a porta de entrada para a ocupação da Amazônia, havia chegado o momento da criação de uma nova cidade para fazer frente a Campo Grande, capital do recém-criado estado do Mato Grosso do Sul, uma cidade que se intitulava como “moderna”, “limpa”, “industrializada”, “nova” e que se apresentava como o contraponto de Cuiabá: rotulada de “suja”, “velha”, “atrasada” – uma cidade com fortes marcas coloniais. O discurso adotado no período era modernizar para não estagnar.

Diante do exposto, a presente dissertação aborda os discursos sensíveis sobre a modernização da cidade de Cuiabá, no período pós-divisão do Estado, em 1977, tomando como referência a fala de políticos, membros do governo, jornalistas, acadêmicos e representantes de associações representativas locais.

O recorte temporal desta pesquisa se dá entre os anos 1977 a 1985. A análise será balizada em três datas específicas: 1977 – com o anúncio da criação do estado de Mato Grosso do Sul a partir do desmembramento de Mato Grosso, definida como capital a cidade de Campo Grande, por meio do decreto de Lei Complementar nº 31, de 11 de outubro de 1977, assinado pelo Presidente Ernesto Geisel; 1979 – com a instalação definitiva do estado de Mato Grosso do Sul, em 1º de janeiro; e 1985 – período de (re)democratização do Brasil, com a eleição de Tancredo Neves, primeiro pleito indireto de um civil pós-ditadura militar.

Palavras-chave: Territórios. Fronteiras. Modernização. Política. Cuiabá. Mato Grosso. Mato Grosso do Sul.

Dados

Tamanho 1.56 MB

Download