Início Início Pesquisar Pesquisar Subir Subir
Detalhes do Download

VIAJANTE E NAÇÃO: AS VERSÕES DA NARRATIVA DE VIAGEM DE HERCULES FLORENCE E O PROJETO NACIONAL (1824-1876)   

A presente dissertação estuda comparadamente duas das versões da narrativa de viagem de Hercules Florence. Considerando que existem três versões da narrativa, e na impossibilidade de contato com a primeira, tratamos especificamente, com a segunda e terceira, ambas, traduzidas e publicadas ao português. O estudo abarcar os primeiros contatos do viajante com o Brasil, daí a definição do marco inicial como 1824, e as problemáticas que cercam a publicação da ultima versão da narrativa, por isso a definição de uma data limite como, 1876. A análise é realizada através da comparação entre as duas narrativas com o objetivo para perceber as variações de valoração, ênfase e tratamento, em relação a alguns temas, como dos indígenas, da escravidão ou da monarquia. Para compreender o sentido histórico dessas variações relacionamos aspectos da biografia do autor com os ambientes culturais e institucionais de publicação e escrita. Acabando por perceber, como algumas variações de opinião na narrativa não se explicam pelos dados biográficos, mais antes, a edição do texto para sintoniza-lo ao debate e perspectivas do projeto nacional. Debate esse que tem como um dos seus locutores o Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro, cuja Revista editou e publicou a terceira versão da narrativa de Hercules Florence, em 1876. Mas, não só isso, a própria publicação é uma pista de uma relação intima entre Hercules Florence e os problemas de caracterização nacional do Brasil nos oitocentos.

Palavras-chave: Hercules Florence, narrativas de viagem, IHGB, Projeto Nacional.

Dados

Tamanho 934.28 KB

Download